| Última atualização em 31/03/2011 às 10:58

Sucesso no YouTube aumenta comércio ilegal de animal ameaçado

Vídeo com lóris lento sendo acariciado tem 6 milhões de exibições. Animais são vendidos por até R$ 10 mil no mercado do Japão, diz jornal.

2.410 views | Receba por e-mail | Comente
Por Adm. Paulo Carvalho

Vídeo com animal ameaçado já teve mais de 6 milhões de acessos (Foto: Reprodução/YouTube)

O lóris lento, pequeno primata do sudeste asiático, tem no YouTube um de seus principais adversários. Por conta do sucesso na rede, a venda ilegal de animais desta espécie – ameaçada de extinção – disparou, segundo reportagem do jornal britânico “The Independent”.

O primeiro vídeo publicado pela revista “Wired” em 2009, mostra um animal reagindo a cócegas, e já teve mais de 6 milhões de exibições. Outro clipe, com um lóris brincando com uma miniatura de guarda-chuva, já foi visto por 2 milhões de internautas, na somatória de suas diversas cópias disponibilizadas no site.

De acordo com a especialista em conservação de primatas Anna Nekaris, da Oxford Brookes University, a demanda por lóris tem crescido principalmente entre crianças no Reino Unido, nos Estados Unidos, na Rússia e na Polônia.

O principal ponto de origem dos animais contrabandeados é a Tailândia, onde traficantes pagam o equivalente a menos de R$ 50 por filhote. No Japão, cada bicho chega a ser vendido por R$ 10 mil.

Anna chegou a pedir ao Google, dono do YouTube, que retirasse os dois vídeos do site. Um porta-voz do YouTube afirmou que todos os vídeos publicados devem estar de acordo com as regras do site, que proíbem a exibição de imagens com maus tratos a animais.

Enviar para um amigo Enviar para um amigo

Comentários

Faça seu comentário

Comentário