| Última atualização em 07/10/2014 às 09:11

NVIDIA anuncia GPUs de alto desempenho que poupam bateria de notebooks

NVIDIA usa sua nova arquitetura Maxwell para provar que homem foi à Lua.

463 views | Receba por e-mail | Comente
Por Adm. Paulo Carvalho

GPUs da NVIDIA podem melhorar uso da bateria em games (foto: Reprodução/NVIDIA)

A NVIDIA anuncia duas novas unidades de processamento gráfico baseadas na arquitetura Maxwell: GeForce GTX 970M e 980M. São modelos voltados para notebooks gamers e prometem desempenho similar a de desktops. Segundo a empresa, os produtos são uns dos mais poderosos do mercado e apresentam recursos para melhorar qualidade de gráficos e usar menos bateria de notebooks.

O modelo 980M, que segundo a NVIDIA é 40% mais rápido do que o antecessor 880M, dispõe de 1.536 processadores, velocidade clock de 1.038 MHz e capacidade de suportar até 4 GB de GDDR5, além de memória gráfica de 256 bits. Já o modelo 970M é um pouco menos potente, com 1.280 núcleos, 924 MHz e suporte para memória RAM de até 3 GB de GDDR5 e memória de 192 bits.

Os dois chips foram desenvolvidos pensando em notebooks de alta performance voltados para jogos com resoluções maiores que 1.080p. A ideia é fazer com que os games possam ser jogados em telas de 2.560 x 1.440 pixels, enquanto alguns poderão ser jogados em telas Ultra HD de até 3.840 x 2.160 pixels.
Os novos modelos também foram equipados com uma nova tecnologia chamada Dynamic Super Resolution. Ela fará com que os gráficos de games tenham uma melhor aparência em telas de 1.920 x 1.080 pixels. É o que informa a fabricante. Isso ocorre porque eles são renderizados em resoluções maiores e então reduzidos para o tamanho da tela do notebook, o que, pelo menos em teoria, resulta em mais detalhes.

Outro recurso incluso nos GPUs é a capacidade de controlar a taxa de frames de games. Isso garante que os notebooks possam aproveitar melhor a autonomia da bateria, garantindo, segundo a NVIDIA, até 55% mais tempo de uso. A função não é nova e já estava presente na série 800M da empresa, mas a companhia garante que fez diversas melhorias na tecnologia nos últimos seis meses. Empresas como Asus, Clevo, MSI e Gigabyte são algumas das marcas que contarão com a tecnologia. O preço dos chips, entretanto, não foi revelado.

Fonte: techtudo.com.br

Enviar para um amigo Enviar para um amigo

Comentários

Faça seu comentário

Comentário